Microexpressões e os relacionamentos

Você sabia que pode prever-se o divórcio com base nas Micro Expressões? Microexpressões e os relacionamentos.

O psicólogo John Gottman previu, com rigor, a taxa de divórcio existente entre casais, tendo por base a frequência com que manifestavam a Micro Expressão indicadora de nojo e Aversão.

Microexpressões e os relacionamentos. A precisão com que conseguiu prever quais eram os casais que iriam para a barra do tribunal nos 4 anos seguintes à observação foi de 90%.”” Conseguiu, também, atingir um nível de precisão na ordem dos 80%, relativamente aos casamentos que iriam durar mais de 9 anos. Bastava-lhe, para isso, visualizar durante 5 minutos, um vídeo sem som, de cada um dos casais em interação. A Raiva não era o fator dominante na previsão do divórcio. Por isso, quando a sua esposa estiver furiosa consigo, ainda existe um futuro para o seu casamento! A Raiva pode ser apenas mais uma forma de exprimir emoções intensas.

Microexpressões e os relacionamentos

As Micro Expressões podem destruir um casamento. Aquilo que destrói um casamento é uma elevada dose de critica, desprezo e de comportamentos defensivos e obstrutivos. São esses os fatores que bloqueiam uma verdadeira comunicação e castram a expressão de emoções positivas e sustentáveis, que são o combustível necessário para construir relacionamentos amorosos e harmoniosos. As emoções destrutivas podem ser identificadas através das Micro Expressões de Desprezo (superioridade) e de Nojo. Sumariamente, Gottman conseguiu provar que o Desprezo e o Nojo são bons preditores de divórcio. Por outras palavras, se a sua companheira demonstra, frequentemente, Desprezo e/ou Nojo, talvez seja tempo para visitar um Coach especialista em relacionamentos.

Instituto Imelco

A Imelco utiliza como base a metodologia da FACS, criada pelo renomado PAUL EKMAN, que vem se mostrando ser o mais preciso dos métodos indispensável para o estudo e reconhecimento e mapeamento da face humana apresentando resultados minuciosos e rigorosos no reconhecimento das emoções.

Leave a Reply

Your email address will not be published.